terça-feira, 29 de dezembro de 2015

RETROSPECTIVA 2015



O futebol de mesa vascaíno teve um grande desempenho na temporada 2015, na qual completou 12 anos no clube e para premiar toda dedicação e desempenho da modalidade, o futmesa inaugurou em sete de novembro deste ano uma nova sala, localizada no mezanino do ginásio principal de São Januário, com apoio da diretoria do clube e de seu vice-presidente, Mourão.
No âmbito internacional foram duas grandes conquistas em 2015. Marcelo Lages integrou a seleção brasileira tricampeã mundial da modalidade 12 toques, em setembro, na Hungria. E também o tetracampeonato sulamericano da modalidade subbuteo, em Curitiba, no mês de outubro após vencer o Palmeiras e a equipe do Rosario, da Argentina. Daniel Matos, Felipinho, Igor Quintaes, Marcelo Lages e Toninho escreveram mais uma vez seu nome na história da modalidade e do clube.
Na regra 12 toques, o Vasco só não ganhou o estadual interclubes adulto, no qual terminou na terceira colocação. Porque no Interclubes Estadual Master, se tornou bicampeão após vencer a Taça Guanabara e a Taça Rio. No individual, Felipinho e Rodolfo foram os campeões estaduais nas categorias adulto e máster, respectivamente. No Rio-São Paulo, os vascaínos venceram os paulistas do Maria Zélia e conquistaram o título no equipes. Rodolfo foi o grande campeão individual, repetindo seu título de 2007. Já no campeonato brasileiro individual, destaque para os pódios de Marco Antônio e Dudu, 4º e 8º lugares, respectivamente.
No dadinho destaque para os pódios em competições estaduais: André Moraes e Raphael no Olaria Open, Cadu e Mendez no Open Imperial, Davi Lanussi nas etapas do estadual sub-18 e o título de Cadu no Iguaba Open. Já no Brasileiro Interclubes, a equipe terminou na oitava colocação.
No disco, Róbson Marfa foi campeão estadual individual na categoria Livre e 4º lugar na Copa Rio. Weber foi 3º lugar no Torneio Início e no estadual interclubes, a equipe vascaína terminou na segunda colocação, no Liso.
Na regra pastilha, a equipe conquistou o tricampeonato consecutivo e o oitavo título da história desde 2004. Renato Kort foi campeão da Copa Interior e 3º lugar no estadual individual.
No sectorball, o Vasco conquistou diversos títulos: no estadual, a equipe se sagrou hexacampeã. Felipinho e Weber foram os campeões em Duplas e Marcelo Lages foi bicampeão individual. No brasileiro, a equipe conquistou o pentacampeonato, Marcelo Lages e Róbson Marfa venceram no Duplas e Róbson Marfa ganhou o individual.
E no subbuteo, além do tetracampeonato sulamericano, Toninho se sagrou campeão estadual da modalidade.

No final da temporada, foi disputado a 1 edição do All Star Games na nova sala da Divisão de Futebol de mesa do Vasco. O evento reuniu os melhores do ranking estadual de todas as modalidades e 9 atletas vascaínos se sagraram campeões. E pra fechar a temporada, foi anunciada a volta da modalidade 3 toques no Vasco, que conquistou diversos títulos importantes como estadual, brasileiro e Copa do Brasil. Ornelas, Evandro Gomes, Nando, Dudu Costa, Éder, Maurício, Pablo e Thiago Stephan chegam ao clube para 2016. Desta forma, o Vasco é o único clube do Brasil e do Mundo que pratica todas as modalidades oficiais do futebol de mesa: as regras internacionais 12 toques, Sectorball e Subbuteo; as regras nacionais 3 toques, Dadinho e Disco; e, a regra estadual pastilha.

mundial de clubes

conheça a cia. do doce

_______unidos por um sonho mundial______

_______unidos por um sonho mundial______