sexta-feira, 18 de junho de 2010

SECTORBALL: CONFIRMAÇÃO DO TREINO DE SÁBADO

A Divisão de Futebol de Mesa confirma a realização do treino da Modalidade Sectorball para o próximo sábado (19/06) a partir das 11:00h.


Na ocasião estaremos definindo a formação das duplas para disputa do Estadual de Duplas a ser realizado no dia 26/06 em São Januário.

Fique por sentro do Sector:

As regras mais importantes do jogo Sectorball

As regras são simples, tão fácil de aprender o jogo. Concorrentes, no entanto, uma série de regra também se aplica, como descrito parecer complicado, mas na prática durante o treinamento aprenderam em poucos minutos. Portanto, esta revisão somente os mais importantes, através de uma leitura fácil de aprender a lidar com regras que é necessário para o nível do jogo űzéséhezlazer. As regras essencialmente o mesmo que futballéval szektorlabda, completada por alguma regra especial:

Regras básicas:

• O jogo é jogado por dois homens em uma verde, vonalazású futebol branco, 120 x 180 cm, emoldurada com uma tabela (race), composto por dois pedaços de 5 cm de altura, 13 cm de largura e 8 cm de profundidade, está equipado com um portão.
A superfície da pista é limpa da sujeira hintőporos törlőeszközzel
• Os condutores de equipamento individual: 10 jogadores de campo pedaços (tamanho: até 5 cm de diâmetro e 2 cm de altura) e um pedaço de goleiro (tamanho: até 5 cm de diâmetro e 2,5 cm de altura), além do tamanho do setor, bola, nyomópálca.
• As regras do jogo de futebol todas as regras podem ser encontradas, com exceção de impedimento.
• Um jogo de 2 x 13 minutos, dois minutos de intervalo do intervalo. As partidas foram lideradospelo árbitro.
• O jogo começa középkezdéssel, em seguida, os motoristas podem se transformar em um.Etapa de mover a matéria peças. As peças do jogo você só pode mover, deslizando sobre a superfície da pista de graça, eles são empurrados ou puxado proibida. Os fantoches mover a mão livre (ou pöcköléssel körömrányomással) e nyomópálcával.
• O jogo de peças da linha, enquanto a elevar gols, e só pode ser colocado em qualquer lugarapós a kapukirúgás livre. Isso é chamado de lugares. Középkezdést colocada em primeiro lugar,eo partido de queima que pode se adaptar a esse inimigo, de modo que bábuit mais do que 5 cm não ter de colocar a lehelyezett peças.

O objeto do jogo:

• O objetivo é a meta, ou seja a bola em forma de disco padrão para atribuição do adversário objetivo.
O objetivo é válida quando a bola antes que a quadra adversária de rodagem do atirador, que foi juiz do atacante.
• antes de rodagem, no entanto ("porta", "Insert", "Eu vou atirar", palavras etc), indicando a intenção de o tiro em direção ao inimigo, eo tempo deve ser permitido no goleiro. A rodagem só poderá ser feito se o requerido ("put", "pode", "tiro", palavras etc) indicaram que colocou o goleiro.

Passagem:

• Durante o jogo não labdavezetés, no entanto, pode passar a bola. Há dois regra passagem podem ser distinguidas: a regra da proximidade e da regra do sector.
• A regra lépésünket proximidade após uma etapa extra para vencer.
Então uma vez que o seu adversário perdeu um passo. Então, nós agimos no mais 1 jutalomlépés se mezőnyjáték quando a bola mais perto de se adequar a um do próprio bábunkhoz bábujához do que qualquer adversário. Em seguida, basta mover a bola o mais próximo bábunkkal, porque "ela" pegou a bola. Por isso, dizemos que "a proximidade com que eu! A proximidade de atingir devido a uma surpresa extra lépésünket adversário próxima etapa. Assim, a proximidade não está disponível nas proximidades para o outro! A proximidade de outra forma, só será válido se a bola está na vanguarda do seu próprio térfelünkön foi e permaneceu lá, e durante o atraso não tocar em qualquer outra parte.
• A aprovação ou as diferentes formas de acesso mais jutalomlépés szektorszabály aplicação.
Setor é chamado para cada pedaços de 4,5 cm na área circundante. Sector de dar como muitos como uma das bepasszolni bábunkkal a bola numa zona de outro pedaço do setor, que é medido da borda da peça dentro de uma distância de 4,5 cm. A força também está sujeita à realização do sector a passar a bola durante uma transferência para fora da peça de acolhimento não deve tocar outra peça. Embora a regra proximidade é apenas uma jutalomlépés mais atingidos até a regra é aplicada, uma infinidade de setores. Na verdade, como muitos que existem sectores, sucessivamente, acrescentou. Desta forma bármennyiszer pode mover continuamente uma após a outra, sem sequer uma vez durante a ação de seu oponente poderia ter sido. Claro, só poderia ser obra bábutól caber, até você ter sucesso na corte do seu oponente para uma oportunidade de gol para alcançar a situação fiscal. Esta versão não é a meta será mais passar, mas também tiro portão para acionar uma meta.
• Tenha cuidado! Proximidade não está disponível em qualquer sector para sector e de proximidade! Sector sector, mas um número infinito.

Indítórúgások:

• A analogia com o futebol é um kapukirúgás szektorlabdában, canto, pontapé-livre, jogar (oldalbelövés mais) e disparar.
• O lado do atacante fez um pontapé livre e porta pena atirar, portão e montagem de canto, que alcançou uma meta válida. Em outros casos, apenas um passo em chutar o boot, o setor, que pode ser alcançado.

Faltas:

• Não tocar a bola com a mão enquanto mezőnyjáték!
• O futebol é a lógica evita irregular se choca com as duas peças com a bola após a colisão, ou nada para ele.
• Instalações ilegal, constitui obstrução, se o partido defender um bábujával peças metade do atacante e bola de pé em um portão para evitar que o tiro atacante. A obstrução só pode ser irregular, se o requerido para peças não tocar na bola.
Időhúzásnak considerado demasiado longo (normalmente 15-20 segundos de duração), o pensamento, sugestão, equipamentos do setor megméretése óbvia proximidade ou, etc. Para resumir tudo o que não é inerente ao jogo. O tempo perdido para o pedido da parte inocente, o árbitro deverá deduzir (extensão), e alertar o condutor em obstrução.
időhúzás Sportszerűtlenségnek constituem uma série, a interrupção deliberada do adversário ou espectador no comportamento ofensivo. O árbitro adverte de antidesportivo concorrente, a série, ou mais leléptetheti casos graves. Então o jogo - o resultado, apesar de - a derrota do partido a culpa será concluída!
szabadrúgással As irregularidades punidas. O védőtérfélen realizado um sector passzolhatólivre, o portão támadóoldali atirar. No caso da porta e atirar uma labdától livre, medido 18 centímetros de distância do hedge pode bábukból jogadores de campo.

Árbitro:

O jogo de levar szektorlabda árbitro. A liderança, no entanto, não pretendem, como o jogo na validade e integridade dos dois competindo uns com os outros com base no consenso. O árbitro vê o jogo em silêncio, e só intervém para intervir se as duas partes não concordam uns com os outros. Em seguida, tomar a decisão do árbitro, que apelam unicamente às regras do jogo contra a má aplicação da (negligência), caso seja possível. Pedido sem acção do árbitro é o lugar onde conduta antidesportiva.

ENUNCIADOS:

ESCANTEIO:

  1. No escanteio cedido basta efetuar o passe pelo critério da aproximação, todavia é preciso chutar a gol, ou efetuar um passe para sector, com o botão mais próximo, obrigatoriamente.
  2. Já no escanteio cavado é necessário fazer o sector para poder chutar ao gol.
  3. No escanteio, após a defesa do goleiro, é necessário fazer o sector para poder chutar ao gol.
  4. Na cobrança do escanteio, a bola deverá percorrer a distância mínima de 10 cm (equivalente a dois botões). Caso não ocorra, fica caracterizada uma falta técnica.

LATERAL:

  1. Na cobrança de lateral cedido no campo de ataque, é necessário fazer o sector para poder chutar ao gol.
  2. Já na cobrança de lateral cedido no campo de defesa, não existe a possibilidade de sector, dispondo o cobrador de apenas um toque para repor a bola em jogo.
  3. Na cobrança de lateral, a bola poderá ser posicionada sobre a linha, ou antes dela, e deslocada em um raio de 5 cm (para direita, esquerda ou para trás), caso algum botão adversário estiver atrapalhando a cobrança.
  4. É possível “cavar” lateral na parte de fora do botão, se ele estiver parcialmente dentro do campo.
  5. Não é possível “cavar” lateral no botão adversário, se ele estiver posicionado fora de campo.
  6. Deverá ser observada uma distância mínima equivalente ao tamanho da própria bola, não só para a saída de jogo, como também para a cobrança de pênaltis, laterais, escanteios, tiros-de-meta ou faltas (diretas e indiretas).
  7. Na cobrança do lateral, a bola deverá percorrer a distância mínima de 10 cm (equivalente a dois botões). Caso não ocorra, fica caracterizada uma falta técnica.
  8. Se na primeira cobrança do lateral, a bola não entrar no campo de jogo, será repetida a cobrança e, caso não entre mais uma vez, fica caracterizada uma falta técnica.

POSICIONAMENTO DOS BOTÕES:

  1. Quando o jogador sair de campo, ele é posicionado no local onde ele tocou o alambrado. Caso não toque, ele fica posicionado onde parou.
  2. Na saída de jogo, quem posiciona os botões primeiro é quem dará o início, devendo o oponente respeitar a distância de 5 cm (equivalente a um botão), para efetuar a marcação.
  3. A bola jogada do campo de defesa direto para a linha de fundo adversária, acarreta em tiro de meta, sem arrumação dos times, porém com possibilidade de sector para o cobrador.
  4. A bola jogada do campo de ataque direto para a linha de fundo adversária, acarretaem tiro de meta, com arrumação dos times, porém sem possibilidade de sector para o cobrador.
  5. A bola jogada do campo de defesa para a linha de fundo adversária, batendo antesem qualquer botão das duas equipes, acarreta em tiro de meta, sem arrumação dos times, porém com possibilidade de sector para o cobrador.

GOLEIRO:

  1. Se o goleiro estiver parcialmente dentro do campo, não é considerado gol se a bola bater em qualquer parte sua, e retornar ao campo de jogo, sem tocar nenhuma parte da rede ou parar antes da linha de fundo.
  2. Se o goleiro estiver totalmente atrás da linha de fundo (ou seja, dentro do gol), fica caracterizado gol se a bola o tocar, mesmo que visivelmente ela não “entre” totalmente no gol.
  3. O goleiro ao “sair jogando” somente poderá retornar manualmente à pequena áreaobedecendo os seguintes critérios:
    1. Se ao jogar o mesmo não saiu completamente da grande área;
    2. Quando a bola sair do campo de jogo (a qualquer momento);
    3. Ocorrer uma falta que paralise o jogo;
    4. Caso nenhuma das alternativas anteriores ocorram, o goleiro poderá ser repostomanualmente, abdicando-se de uma jogada (ou seja, o jogador retorna seu goleiro e “passa a vez” ao adversário).
  4. Para “sair jogando” com o goleiro, a bola deverá estar dentro da grande área (ou tangenciando suas linhas).

TIRO DE META:

  1. Na cobrança do tiro de meta, a bola deve sair da grande área. Se na primeira cobrança do tiro de meta, a bola não sair da grande área, será repetida a cobrança e, caso não saia mais uma vez, fica caracterizada uma falta técnica, cobrada do “bico” mais próximo da grande área.

SAÍDA DE JOGO:

  1. Na saída de jogo, é necessário tirar a bola do círculo central. Se na primeira saída de jogo, a bola não sair do círculo central, será repetida a cobrança e, caso não saia mais uma vez, fica caracterizada uma falta técnica.

FALTAS:

  1. Na cobrança de faltas no campo ofensivo é possível efetuar o chute a gol direto, ou um passe (pelo critério da aproximação), ou um passe para sector, para posterior chute a gol.
  2. Na falta no campo defensivo é preciso obrigatoriamente fazer um passe para sector (no campo de ataque), para ter a possibilidade de chute a gol.
  3. Falta no jogador fora de campo é cobrada na linha lateral e sempre é preciso fazer um passe para sector para chute a gol. IMPORTANTE: se o jogador estiver fora de campo, mas posicionado “dentro” das áreas, na projeção das linhas, será marcado umPÊNALTI.
  4. No toque de mão na bola, a falta somente será cobrada em tiro-livre se o toque tiver sido intencional. Se o toque for acidental, a mesma será cobrada como uma falta técnica, todavia, se o toque ocorrer nas áreas do defensor, seja intencional ou acidental, invariavelmente será marcado um PÊNALTI.
  5. Considera-se como extensão, ou parte integrante da “mão” do jogador, sua palheta, régua, ou qualquer acessório ou peça de vestuário, observando-se o item 4.
  6. Toda vez que a bola cair “dentro” do furo do botão, será marcada uma “bola ao alto”, no meio de campo, com sua posse ficando para a equipe em cujo campo ela parar.

CRITÉRIO DA APROXIMAÇÃO:

No campo de ataque, somente observa-se o critério da aproximação ofensiva:

    1. No escanteio cedido
    2. Nas faltas
    3. OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Pode ocorrer o repique em qualquer botão do próprio time.
    4. Após utilizar-se do critério da aproximação ofensiva, poderá partir para um passe para sector.
  1. Durante o desenvolvimento normal do jogo (“bola rolando”), não existe critério de aproximação ofensiva.
  2. No campo defensivo, o critério de aproximação ocorre sempre que, ao tentar um passe para sector, em sua primeira jogada, a bola fica mais próxima do seu botão do que qualquer outro botão adversário. IMPORTANTE: Após utilizar o critério de aproximação defensiva, o jogador terá apenas mais um lance na seqüência: mesmo que realize um passe bem sucedido para sector, a posse de bola passará para o adversário.
  3. O critério de aproximação defensiva somente pode ser utilizado uma vez na posse de bola e, ainda assim, apenas no primeiro lance.
  4. OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Não pode ocorrer o repique em qualquer botão (do próprio time ou adversário), para a utilização do critério de aproximação defensiva.

CRITÉRIOS DE SECTOR:

  1. Não há sector se a bola bater em botão diverso daquele que “recebeu” o passe.
  2. A bola pode bater no botão que “recebeu” o passe para sector.
  3. Para caracterizar-se o sector no campo de defesa, a bola precisa estar na distância máxima de 4,5 cm (podendo ser medida através do “medidor de sector”), devendo a linha central do “medidor de sector” apontar para uma das duas extremidades da linha central (ou seja, a interseção linha central e linha lateral).
  4. Para caracterizar-se o sector no campo de ataque, a bola precisa estar na distância máxima de 4,5 cm (podendo ser medida através do “medidor de sector”), devendo a linha central do “medidor de sector” apontar para uma das duas extremidades da pequena área (ou seja, a interseção linha da pequena área e linha de fundo).

PERGUNTAS E RESPOSTAS, TIRE SUAS DÚVIDAS!

1) Na regra 12 Toques os jogadores são arrumados após um chute a gol, que resultou em um gol ou em tiro de meta. No Sectorball em que casos podemos arrumar os jogadores em campo?

Resposta: No Sectorball
você pode arrumar os botões: No tiro de meta depois de um chute a gol e depois de um gol. A distância entre dois botões deve observar pelo menos 5 centímetros.

2) No ataque, para ser sector, precisamos que toda a bola esteja na área do medidor de sector, ou simplesmente parte dela?


Resposta: A
penas parte dela

3) No ataque a única forma de se caracterizar o sector é na direção das linhas da pequena área, correto?

Resposta: Sim, direção da
intersecção (cruzamento) da linha de pequena área e da linha de fundo.

4) No escanteio há sempre a possibilidade do sector e chute ao gol?


Resposta:
Nem sempre: quando você consegue um escanteio, e ao cobrar este escanteio você consegue um outro escanteio, é apenas reposição (cobra o escanteio apenas para colocar a bola em jogo).

5) O jogador deixar o campo de jogo pode ser usado no próximo passo?

Resposta: Sim.


6
) No domínio da defesa, após a realização de um sector e continuar com a posse de bola, pode ser feito um novo passe defensivo e utilizar o critério da aproximação?

Resposta: Não, após sector, você pode fazer apenas sector. Lembre ainda que na regra de "proximidade defensiva": depois de proximidade você tem apenas mais um toque.


7
) Quando você tem escanteio com direito a sector?

Resposta: Após o chute a gol e bola cavada apenas no campo de ataque.


mundial de clubes

conheça a cia. do doce

_______unidos por um sonho mundial______

_______unidos por um sonho mundial______